Perguntas Frequentes (FAQ) do Open Banking Brasil

  • O que é Open Banking?
    • Na sua essência,  Open Banking é um acelerador e habilitador de novos negócios, através da criação ou expansão de ecossistemas digitais. O alicerce fundamental para a adoção de Open Banking é a abertura e o compartilhamento de dados e informações de negócio através de APIs (Application Programming Interfaces). Este processo permite que os diferentes integrantes deste ecossistema (bancos, fintechs, insuretechs,etc), possam compartilhar informações e ativos de valor, habilitando o lançamento de novas aplicacões de negócio. O foco está em oferecer novos serviços e experiências para o cliente final.

      O Open Banking tem um grande foco em inovação e permitirá que tanto as instituições financeiras, como as fintechs criem novas ferramentas e aplicações que irão facilitar muito o dia-a-dia dos seus clientes

  • Qual a diferença entre Open Banking e Banco Digital?
    • Uma confusão que existe no mercado é entre o conceito de Open Banking e o de Banco Digital. Apesar da convergência natural entre os temas, na essência são assuntos bem diferentes. É muito comum uma instituição financeira ser adepta do modelo digital (multi-canal, sem agências, etc), mas ainda não adotar conceitos de Open Banking. Um Banco Digital pode, por exemplo, expôr APIs, mas as mesmas serem fechadas e utilizadas exclusivamente para consumo interno da plataforma e do time do banco. O Open Banking, entretanto, exige que as APIs passem a ser disponibilizadas para o mundo externo, de tal maneira que possam ser consumidas por parceiros de negócios, Fintechs, ou mesmo por uma outra instituição financeira concorrente. Tudo em prol e no sentido de oferecer experiências únicas e diferenciadas para os clientes finais. No Open Banking o banco “destrava” rapidamente uma informação ou um ativo valioso do negócio como uma API aberta.